domingo, 23 de novembro de 2008

Filme sobre RH


Galera...andei dando uma pesquisada em filmes que falam sobre Recursos Humanos e esse foi oque mais me chamou a atenção!

Não encontrei aqui em Ourinhos para alugar e nenhum link na internet para baixar...se alguem souber alguma coisa me avisem!

Obrigado..abraços!!!
Sinopse: O filme retrata uma história simples: Franck, um estudante de 22 anos, decide voltar para casa dos pais com o objetivo de estagiar no departamento de Recursos Humanos duma pequena empresa metalúrgica, onde o seu pai trabalha há mais de 30 anos. Devido ao seu entusiasmo, Franck ganha rapidamente a simpatia e o apoio da direcção. Assim, é convidado a participar nas negociações entre a empresa e sindicato sobre o polémico tema das 35 horas semanais – que continua a ser atualmente a questão laboral mais em discussão em França. A lei das 35 horas semanais tem repercussões imediatas nas vidas íntimas das pessoas já que regula precisamente o que é suposto escapar ao mundo do trabalho: o tempo de lazer, o tempo que temos para nós próprios, afirma Laurent Cantet. Depois de analisar a situação laboral da fábrica, e com base na sua experiência académica, Franck propõe uma solução: consultar diretamente os trabalhadores, sem a intermediação do sindicato, sobre a questão das 35 horas semanais. A solução é colocada em prática. Tudo corre bem, até que Franck descobre uma dura verdade: o seu trabalho está a ser usado para reduzir alguns dos efetivos, incluindo o seu pai.
Com este filme, que se inscreve dentro na vertente realista do que se conhece como o novo cinema social francês, Cantet tem como objetivo mostrar alguns dos problemas laborais mais pertinentes na sociedade moderna: emprego precário, falta de motivação, instrumentalização do ser humano, ou seja, tudo aquilo que, de forma silenciosa, acaba com a dignidade dos trabalhadores.
A comprovar a qualidade do filme da Laurent Cantet estão os prémios que o filme recebeu nos mais variados festivais europeus e americanos, entre os quais dois Césares 2001 (Melhor Primeira Obra e Melhor Ator Revelação). Olivier de Bruyn, crítico da revista francesa Premiére, afirma: A lei das 35 horas serviu ao menos para uma coisa: um bom filme.

4 comentários:

Jonney Marques Mondini disse...

O Spiller, parabéns pela iniciativa,e valeu pela dica, nada melhor que um bom filme para assimilarmos melhor as idéias sobre RH postadas aqui no teu blog, começou bem.

Mais uma vez parabéns, sucesso com o blog.

Mariana Telles disse...

Oi Rafa!
Ótima indicação de filme!
Vou ver se acho aqui em Londrina!

Qnto as 35 horas semanais de trabalho,o Parlamento francês aprovou definitivamente agora no meio do ano um projeto de lei sobre a reforma do tempo de trabalho, eliminando o limite de 35horas por semana(q era único na europa!). Essa lei foi criada em 98se não me engano para criar mais empregos, assim as empresas teriam q contratar mais gente...mas o governo teve q dar um ajuda pras empresas em contrapartida.

Rafa parabéns pelo bloG!
Sucesso pra vc!
e ve se vem visitar os amigos de vez em qnd em londrina né!uahuahah
bjoss

Leonardo H. Horie disse...

Ótima análise Spiller. Irei procurar esse filme pra assistir mais tarde. Espero ver mais comentários seus por aqui, abraços!!!

Carlos [Puto] disse...

Hey Spiller!
Nossa ow, nunca tinha ouvido falar desse filme.
Mas pela Sinopse o filme desse ser muito bom, com o climax ótimo quando o rapaz descobre que o seu pai pode ser despedido por sua iniciativa... Vou Procurar por ele aqui...
abraços...